CLEMILDO BRUNET DE SÁ

SEIS ANOS DO BLOG CLEMILDO BRUNET

Severino Coelho Viana
Por Severino Coelho Viana


O Blog de Clemildo Brunet está completando seis anos de permanente informação, assim, prestando relevantes serviços à sociedade pombalense, e, divulgando mensagens, crônicas literárias, artigos e assuntos relativos ao mundo cultural.
Os colunistas que participam deste blog, efetivamente, sem nenhum direcionamento político, filosófico, ideológico e religioso, cada um tem o seu espaço assegurado pela liberdade de expressão. E

Muito além do crepúsculo

Onaldo Queiroga
Onaldo Queiroga*

Dias atrás revirando o meu baú fotográfico, encontrei uma foto que me chamou atenção. Nela um amigo elegantemente vestido. Encostado numa janela sertaneja seu olhar mirava um crepúsculo belo e enigmático. Época de sonhos realizados e outros a serem alcançados.
           
O crepúsculo é um marco divino que separa o dia da noite, a luz da escuridão. Sabemos que o crepúsculo anuncia a chegada do noturno e

A LENDA VIVA DA COMUNICAÇÃO POMBALENSE CLEMILDO BRUNET

Zé Ronaldo
Por Zé Ronaldo

Esta voz marcante, símbolo da humildade na formação daqueles que passaram pelos seus ensinamentos, Clemildo Brunet resiste ao tempo e as modernidades tecnológicas resgatando a magnifica arte de fazer rádio no sertão paraibano. 

Clemildo levou e continua levando não só as informações precisas do nosso cotidiano aos internautas através do seu blog: www.clemildo-brunet.blogspot.com como também adentra como um artesão lapidando os corações apaixonados com sua radiante e

Parabéns Clemildo!

Mais um ano de um dos blogs mais visitados do estado da Paraíba.

Acredito que pessoas nascem dotadas de missões cujo propósito é desempenhar relevantes serviços a comunidade da qual faz parte. Não se trata de uma coisa determinista porque estou a me referir aos dons, aos carismas que as pessoas recebem gratuitamente ao nascer. Clemildo, logo cedo, segundo seus próprios relatos, foi despertado para o exercício da comunicação. Não podia ver um microfone que ficava irrequieto porque ao ver qualquer pessoa no exercício da locução aflorava-lhe o desejo de também transmitir alguma mensagem, através da sua voz ainda juvenil, ao distinto público da sua terra.
Cresceu, experimentou a pratica da locução. Com o passar do tempo, impulsionado pelos dons e carismas de que foi dotado evoluiu dos serviços de auto falantes para rádio e

A Complexa Realidade

Genival Torres Dantas
Genival Torres Dantas*
   
O pensador grego, Aristóteles (384/322 a.C) afirmava que A primeira qualidade do estilo é a clareza”, essa teoria é exatamente o que não está sendo aplicada na atualidade. Estamos atravessando um período de conflitos, e até confrontos, há um desentendimento generalizado, os poderes se garfeiam, cada um querendo mostrar sua autoridade e competência enquanto o exercício e a prática da ética vão sendo esquecidos e

NOS TEMPOS DO CACHIMBO ETERNO

Maciel Gonzaga
Maciel Gonzaga*

Lendo e relendo o artigo do mestre Inácio Tavares, “Roteiro da Minha Terra: Pombal, bairros, ruas e fatos”, me chamou a atenção o trecho em que o autor se refere ao Cachimbo Eterno e à moradora Dona Cornélia. Como nasci nas cercanias da referida localidade, me atrevo a escrever estas linhas, porque conheci de perto a personagem emboladora de coco.

Cornélia era casada com José Genoíno, ou Zé do Baixio. A molequeira da rua – e

ROTEIRO DA MINHA TERRA: POMBAL, bairros, ruas e fatos

Ignácio Tavares
Ignácio Tavares*

Costumo caminhar em Pombal por simples prazer de rever ruas e logradouros que me trazem boas lembranças. Muitas coisas que presenciei e vivi na minha terra estão gravadas no meu consciente.  Fatos do passado afloram na minha memória a ponto de fazer-me reviver os bons momentos da minha juventude. Era somente alegria num mundo de fantasias onde a palavra de ordem era ser feliz. Fui feliz, pois, diverti-me a beça, amei, fui  amado, alimentei  esperanças e desenhei  projetos de vida futura.
  
Os meus primeiros passos, em busca do saber foram dados nesta terra fascinante  sobretudo abençoada por Deus. Hoje, ao caminhar pelas ruas revejo velhas edificações que mexem e

ARES DE RECORDAÇÃO

Clemildo Brunet
Clemildo Brunet*

Já tive oportunidade de contar em outro artigo a minha inclinação desde a infância para a área da comunicação construindo inventos, objetos utilizados como brinquedos quando criança, que me divertiam bastante. Lembro-me que meu primeiro contato com rádio, se deu numa emissora clandestina instalada no 1º andar do Grande Hotel de nossa cidade. Rádio Difusora de Pombal, pertencente a Nelson Guarda e Luiz da Estação Ferroviária. Cheguei como curioso, observando os movimentos. De repente me vi diante de uma mesa de som, assumindo a posição de controlista ou como é chamado hoje, operador de áudio.

Em 1961, comecei auxiliando os propagandistas em porta de loja cuidando da técnica sonora da Difusora das Lojas Paulista (que posteriormente veio se chamar Casas Pernambucanas - Grupo Lundgren), esquina da Rua Tenente Aurélio Cavalcante ao lado da Farmácia Queiroga. Minha atividade era fazer a mixagem do áudio entre música e

Precisa-se de um líder

Genival Torres Dantas
Genival Torres Dantas*

Precisa-se de um líder voltado ao Brasil atual, com uma linguagem do antigo e do novo, uma visão futurista, com princípios éticos para resolver as questões das nossas vidas, com as práticas da moral. E que ele seja um líder voltado para as causas coletivas, e não alguém que tenha prioridades para um projeto pessoal ou partidário de poder.

Livre o suficiente e

Flor cearense

Onaldo Queiroga
Onaldo Queiroga*

Tu és uma flor cearense que brotou em meio às águas de Iracema. Bebestes o saber de José de Alencar e a redação fácil de Carmelita Setúbal. Trouxestes a religiosidade de Antônio e Raimunda Rocha. Foi na confluência dos Rios Piancó, Piranhas e Peixe que eles te cultivaram para o mundo, época em que te chamavam de “Galega”, aquela menina bela, inteligente, sapeca e de alto astral.
           
No sertão dos holandeses transformastes a seca em águas límpidas escorrendo pelas biqueiras de tempos inocentes, águas que desciam e

IGNÁCIO TAVARES UM DOS NOSSOS PARCEIROS ESTÁ ANIVERSARIANDO HOJE 20 DE MAIO. NOSSOS PARABÉNS!

Ignácio Tavares



Está aniversariando na feliz data de hoje  (20) de maio um dos nossos parceiros e colunista, grande amigo, IGNÁCIO TAVARES, A QUEM DAMOS NOSSOS PARABÉNS COM VOTOS DE MUITOS ANOS DE VIDA!

ELE É GRADUADO EM ECONOMIA COM ESPECIALIZAÇÃO E PESQUISA SÓCIO-ECONÔMICA. PROFESSOR DA DISCIPLINA  "MICRO ECONOMIA"  DO DEPARTAMENTO  DE ECONOMIA  DA UFPB  E ECONOMISTA APOSENTADO DA SECRETARIA ESTADUAL DE PLANEJAMENTO DO ESTADO DA PARAÍBA.

IGNÁCIO TAVARES DE ARAÚJO. Nascido em Pombal, no dia 20 de maio de 1937, filho de Benigna Lourdes de Sousa e

ORÇAMENTO DEMOCRÁTICO: A hora e a vez de Pombal

Ignácio Tavares
Ignácio Tavares*

Sugestões: Açudes do Estrelo e Arruda Câmara

No dia 18 de maio o senhor governador vai estar em Pombal a fim de ouvir, discutir e acolher sugestões para formulação de políticas públicas que serão incluídas na programação orçamentária do ano vindouro. Presume-se que, de conformidade com metodologia adotada na condução dos trabalhos, o governo acolherá as propostas consideradas de suma importância para o desenvolvimento econômico e social dos municípios da área considerada.
  
Na assembleia passada, em meio a diversas sugestões é provável que obras de suma importância, a exemplo da construção dos Açudes do Estrelo e

Do Carpe Diem à Câmara Federal

Genival Torres Dantas
Genival Torres Dantas*

Por sermos uma nação jovem, recebo alguns legados culturais dos povos antigos. Na nossa religiosidade e padrões éticos tivemos influencia direta do judaísmo, daí o monoteísmo cristão, na área científica e filosófica a participação dos gregos, com seus ensinamentos divididos em 2 períodos de luzes como o cosmológico, sistematizado por Homero, nas suas obras Ilíada e Odisseia  períodos tidos como “Tempos Homéricos”, ocorrido até os anos 1000 a.C. destaque para os pensadores como: Tales de Mileto, Pitágoras, Anaxágoras, Empédocles, Zenão, Heráclito e

POMBAL DESPERTA PARA O FUTURO SEM PERDER A NOÇÃO DA HORA

Praças: Centenário/Getúlio Vargas - Pombal-PB.
Autor: José Ronaldo Leite (Zé Ronaldo)

A coluna permanece,
No compasso da história,
O nosso centro enaltece,
Nas rimas que faço agora,
Quem visita não esquece,
Grava em sua memória.

Subindo a Getúlio Vargas,
Encontramos a matriz,
Um passeio nesta praça,
Deixa a família feliz,
Uma estatua pra quem passa,
Bancos na cor do verniz.

A praça do centenário,
É um paraíso real,
Com suas arvores frondosas,
E o bar do amigo Rau,
A A.E.U. P bem vistosa,
Na arquitetura local.

Temos a casa da cultura,
A histórica Igreja do Rosário,
E os grupos que se misturam,
Na festa do calendário,
Peço esta geração futura,
Protejam este relicário

O BOTA É FOGO

Por Francisco Vieira*  

A Estrela Solitária, símbolo oficial do Botafogo, nunca está isolada, pois sempre contou com o apoio de sua fiel torcida. A ela se une uma diretoria responsável, comissão técnica competente e, sobretudo, uma torcida que ama o clube em qualquer circunstância, que aplaude quando necessário e chora quando é preciso.

A irrepreensível campanha do time que culminou com a conquista do Campeonato Carioca de 2013, é a prova viva e

Confissão de amor

Genival Torres Dantas
Genival Torres Dantas*

Mãe esperei muito tempo para criar coragem e dizer francamente tudo que eu gostaria de ter dito muito antes. Entretanto, meu egoísmo foi maior e tive que reprimir esse sentimento de amor contido e abafado dentro do meu peito. Agora, compreendendo tudo aquilo que você representou e representa em minha vida, essa mesma vida que não se acaba com a matéria, e é tão curta, e muitas vezes nós a banalizamos, não por desamor ou falta de reconhecimento da sua importância, que é o intervalo entre o nosso nascimento, a verdade que já passou, e outra que virá, com certeza, que é o nosso desencarne para uns ou simplesmente desembarque para outros, mas por absoluta covardia, quando nos colocamos dentro de uma redoma, inconsciente ou conscientemente, para nos protegermos das nossas próprias falhas, incertezas e

AÇÃO E PALAVRA

Severino Coelho
Por Severino Coelho Viana*

Cada palavra dita, muitas vezes, nós não sabemos o sentido real que quer dizer o eminente que fica nas entrelinhas, depende do gesto, da alteração ou da moderação da voz; do brilho no olhar, do sorriso afável ou maroto. Cada situação é preciso distinguir com perspicácia, pois a sutileza das palavras às vezes chega a ser hilariante.

Existem pessoas que adoram fazer o bobo da corte. É o palhaço que não tem circo, pulula de porta em porta. Agradar por agradar é o mesmo que dizer e

Brasil das ações e subtrações

Genival Torres Dantas
Genival Torres Dantas*

Quando o mineiro de Andradas, sul de MG, dentista, José Roberto Magalhães Teixeira (1937/1996), prefeito de Campinas/SP, criou naquele município em 1994, o “Programa de Renda Mínima”, para atendimento a população considerada miserável, vivendo abaixo da Linha da pobreza. Era uma ajuda financeira, em dinheiro, complementando um valor mínimo para a sobrevivência com dignidade; para isso, fazia-se necessário preencher alguns requisitos, como residir naquela cidade, por um período não inferior a 24 meses, ter filhos matriculados nas escolas, com bom desempenho, e

MÃE, AO SEU DIA: JUSTA E MERECIDA HOMENAGEM!

Clemildo Brunet
CLEMILDO BRUNET*

Mãe é aquela que durante nove meses de gestação carrega em seu ventre com todo o cuidado o filho que vai nascer. São muitas as noites indormidas na esperança de ver sair de suas entranhas o ser querido que está para vir. Aos primeiros sinais da gravidez inicia-se a preocupação em preparar o enxoval para o rebento, pois quando este chegar estará pronto o seu lugar em um quarto da casa, o berço e todos os apetrechos necessário, dando cores ao ambiente de conformidade com o sexo da criança.

Sofre as dores de parto, no entanto, como disse Jesus: “A mulher, quando está para dar à luz, tem tristeza, porque a sua hora é chegada; mas, depois de nascido o menino, já não se lembra da aflição, pelo prazer que tem de ter nascido ao mundo um homem”. Jo. 16:21.

Na satisfação de contemplar o seu filho querido, o coração de mãe se desdobra em oferecer o melhor para ele. O tempo passa e

DIA DAS MÃES: Uma Mãe, uma Mestra

Ignácio Tavares
Ignácio Tavares*

Era um dia de domingo do Rosário, para melhor dizer, 4 de outubro de um ano qualquer da década de cinqüenta. Data do aniversário de dona Loúrdes, minha saudosa Mãe. Por volta das onze horas da manhã, a banda de música Santa Cecília, capitaneada por Frederico Roque, adentrava a nossa casa ao som de dobrados, valsas, para prestar uma justa homenagear a aniversariante.

Pouca gente sabe, mas, dona Loúrdes era música por formação, pois, foi aluna dos melhores professores de música da sua época. Como flautista habilidosa que era

04 DE MAIO – Vila e Emancipação Política DE POMBAL.

04 DE MAIO – Vila e Emancipação Política DE POMBAL.


Em quatro de maio de 1772, foi a Povoação do Pinhancó elevada à categoria de vila, com a denominação de Vila Nova de Pombal, em homenagem a cidade portuguesa de mesmo nome. Na mesma data, ocorreu a criação da Câmara de Vereadores e sua Emancipação Política, sendo indicado para administrar a Vila o Capitão-Mor, Francisco de Arruda Câmara. 



O nome Vila Nova de Pombal, diz respeito à Carta Régia de 22 de julho de 1766, que orientava os administradores de vilas a denominá-las com o nome de localidades de Portugal. Na época, foram criadas várias vilas, a de Pombal veio primeiro que todas as outras no sertão da Paraíba, porque era a mais importante, estando sobre extensíssimo território. Há 241 anos.

Fonte: Verneck Abrantes

PESCA OCEÂNICA – Abandonada por quase três anos em Cabedelo, estrutura milionária enfim será ativada

Postado em: 3 mai 2013 |  9:01:40

Cerca de R$ 14 milhões dos governos federal e estadual investidos em uma obra que, mesmo inaugurada em setembro de 2010, está entregue “às traças”. Esse é o estarrecedor cenário do terminal pesqueiro de Cabedelo, que, de acordo com o deputado Jutay Meneses (PRB), está agora bem próximo de viver uma nova realidade.
Em audiência no início da semana, em Brasília, com o secretário executivo do Ministério da Pesca, Átila Maia, acompanhado do secretário executivo da Pesca do Estado da Paraíba, Sales Dantas, Meneses levou ao conhecimento da autoridade federal a triste realidade vivida pela milionária obra, que tinha como objetivo fazer da Paraíba um dos polos mais importantes da pesca oceânica do Nordeste, principalmente no que tange a caça do atum. Além da recepção do pescado e das iscas, conta entre as atividades que seriam realizadas no local a pesagem das toneladas recebidas e

Abril, um mês de erros e equívocos

Genival Torres Dantas
Genival Torres Dantas*

A nova constituição federal, promulgada em 1988 não corrigiu todos os problemas e diferenças sociais no campo jurídico e político que vinham se acumulando por tantos anos e vários sistemas administrativos implantados desde a nossa independência (1822) e posterior proclamação da República (1889); Considerando as seis (06) anteriores, 1967, 1946, 1937, 1934, 1891 e 1824.

A multiplicidade das ideologias faz do Brasil um país tenso nas suas relações inter poderes com o agravante do comportamento prepotente de alguns membros que compõem os respectivos poderes constituídos; executivo, legislativo