CLEMILDO BRUNET DE SÁ

NO TEMPO DA BOLACHA PETECA

05.04.2011 - Pombal

Ignácio Tavares
Ignácio Tavares*
        
Foi-se aquele bom tempo em que no centro de Pombal, mais precisamente nas mediações do mercado central, localizava-se a maioria das casas comerciais e pequenas indústrias de alimentos. Fora desse setor não existia comercio, salvo as bodegas localizadas em algumas poucas ruas mais afastadas do centro da cidade. Cafés, bares, padarias, hotéis restaurantes, armazéns de cereais, açougue, alfaiatarias, casas de tecidos e

MARIA BONITA




Severino Coelho Viana
 Por Severino Coelho Viana*


 No final do século XIX houve grupos de bandidos que lutavam contra a opressão dos coronéis no Brasil: o cangaço. No Nordeste, a miséria assolava. As secas eram duradouras, tornando o alimento escasso. As disputas por terra eram violentas e a ordem controlada por coronéis e seus bandos, já que a lei não valia no sertão. Virgulino Ferreira da Silva, mais conhecido como Lampião, liderou o bando contra a ditadura dos coronéis. Ao lado de sua companheira, Maria Bonita, roubava de ricos e

Planeta terra de todas as águas e indiferenças

Genival Torres Dantas
Genival Torres Dantas*

     Minha senhorilidade com a manipulação dos livros não é o suficiente para vaticinar como tem feito os estudiosos que se embrenham no tema das análises em busca de respostas convincentes e elucidativas tornando menos tensas os prognósticos para toda a humanidade no futuro que se avizinha.
    Tenho minhas equivocidades ou mesmo incredulidade quando começo a ler e

“Notas Para A História do Nordeste”: mais novo trabalho do pesquisador JOSÉ ROMERO ARAÚJO CARDOSO

Jerdivan Nóbrega de Araújo
Jerdivan Nóbrega de Araújo*


  • O Livro O "Notas Para a História do Nordeste" fala da economia, da vegetação, dos costumes, das pessoas e de tudo que compõe o bravo homem sertanejo.
  •       Recebi do pesquisador pombalense JOSÉ ROMERO ARAÚJO CARDOSO, um exemplar do e-book “Notas Para A História do Nordeste”, seu mais recente trabalho de pesquisa .       Não sou muito afeito a ler e-book, muito embora eu seja uma aficionado por novas tecnologias: prefiro livros na sua forma “gutemberguiana, que possa está sempre a me esperar numa estante e, quando ele pensar que eu o esqueci, arrastá-lo da estante, soprar a poeira e 

Jerdivan Nóbrega de Araújo e a Irmandade dos Negros do Rosário de Pombal

J. Romero Araújo Cardoso
Por José Romero Araújo Cardoso*

         Jerdivan Nóbrega de Araújo vem despontado como uma das mais brilhantes revelações no campo da História local das últimas décadas, tendo nos presenteado com obras importantíssimas que vem enriquecendo a historiografia do velho rincão sertanejo, conhecido como “Terra de Maringá”. Bacharel em Direito, pesquisador da História de Pombal, membro efetivo do grupo de estudos Benigno Ignácio Cardoso D´arão, vinculado a mais que cinquentenária Coleção Mossoroense, por onde publicou dois valiosos títulos – “Quando se falou bem de Pombal” e

O olhar difuso da intolerância

Genival Torres Dantas
Genival Torres Dantas*

O olhar difuso da intolerância chega a ser atroz, caminhamos para a banalização dos valores, antes tão respeitados, inerentes aos seres humanos, e por assim ser, imperfeitos na sua origem e cultura. Não temos o direito de julgarmos quem quer que seja simplesmente por suas escolhas e a forma autêntica de se comportarem, muitas vezes estamos menoscabando os que assim agem abertamente quando somos tomados por igual desejo, mas nos recolhemos a nossa pasmaceira intolerável, agimos apenas para criticar o que no inconsciente somos e

Paris é aqui

Rinaldo Barros
Rinaldo Barros(*)

        A fase atual da jovem Democracia brasileira exige de todos os brasileiros uma séria reflexão sobre a nossa capacidade de sermos tolerantes com as ideias e as propostas com as quais não concordamos.
        Perigosamente, paira na atmosfera pós-eleitoral uma brisa de intolerância que, por sua irracionalidade e descompromisso com os valores democráticos, precisa ser tomada a sério por todos os que têm responsabilidade com o Estado Democrático de Direito; o qual nos assegura muitas liberdades, principalmente a Liberdade de expressão e

A matriz energética do futuro...

Ignácio Tavares
Ignácio Tavares*

  No final do ano acontecera a COP 21, desta vez em Paris, recentemente abalada em razão de duas ações terroristas que resultaram na morte, salvo o engano, de dezessete pessoas. A COP 21 é a continuidade da COP 20 ocorrida recentemente em Lima capital do Peru. O seu objetivo maior será discutir e

DOUTORANDOS DA UFCG PARTICIPAM DE CULTO NO NOVO TEMPLO DA IGREJA PRESBITERIANA DE CAJAZEIRAS

         Na última quarta feira dia 14 de janeiro às 19 horas e 30 minutos foi celebrado no novo templo da Igreja presbiteriana de Cajazeiras a Rua Sebastião Soares de Matos no Bairro Jardim Oásis naquela cidade, um Culto de Ações de Graças pela formatura da IV Turma de medicina da Universidade Federal de Campina Grande Campus de Cajazeiras. 
        Presentes autoridades da cidade entre as quais a Prefeita do Município Denise de Oliveira, cujo o filho Carlos Antonio de Araújo Filho estava entre os formandos, além de Professores da UFCG, Pais, familiares, amigos e

Marinalva Freire da Silva: Anjo de luz e de bondade

José Romero Araújo Cardoso
Por José Romero Araújo Cardoso*

Ser humano magistral que ama com ardor tudo que faz, Marinalva Freire da Silva vem contribuindo significativamente para a formação de gerações ao longo de sua profícua carreira docente, seja no ensino fundamental ou superior, bem como a nível de pós-graduação.
Escritora de raros dotes, possui inúmeros livros publicados, inúmeros de próprias mãos, dezenas organizados impecavelmente,  tendo em vista que não mede distância a fim de ajudar àqueles que precisam socializar conhecimentos.
Trabalho extraordinário sobre a grande educadora paraibana Daura Santiago Rangel pode ser apontado como um dos mais brilhantes trabalho de sua autoria, pois enfatizar a luta extraordinária e

DEMOCRACIA DE ESPÍRITO ROTO

Genival Torres Dantas
Genival Torres Dantas*

Início da década de 1983/84, no Brasil a Emenda Constitucional, Emenda Dante de Oliveira Pereira de Carvalho (Dante de Oliveira), nº05/1983, proposta que leva o nome do seu autor, tentava reinstaurar as eleições diretas para presidente da República, alterando-se os artigos 74 e 148 da Constituição Federal de 1967 (Emenda Constitucional n°1, de 1969), cuja tradição Democrática foi interrompida pelo golpe militar de 1964. Com apoio da oposição, concentrada no único partido (PMDB), de oposição, que fazia o contra ponto com (PDS, antiga ARENA), partido de apoio ao sistema militar, surge no país um movimento popular de apoio à proposta que tramitava no Congresso Nacional, eleições diretas, denominando-se “Diretas Já”. Idealizada pelo Menestrel das Alagoas, senador pelo Estado de Alagoas, Teotônio Brandão Vilela, sendo seguido por outros políticos e

Comentários emocionados sobre A História do Rádio em Pombal, organizado por Clemildo Brunet de Sá

J. Romero Araujo Cardoso
Por José Romero Araújo Cardoso*

O Brasil desponta no item controvérsia quando o assunto é a patente de inventos modernos, como o rádio e o avião. Considerado o inventor da difusão radiofônica, o italiano Guglielmo Marconi é louvado até o presente como o cientista que viabilizou o início do advento da comunicação em massa, não obstante haver registro que o Padre gaúcho Roberto Landell de Moura tinha conseguido dois anos do cientista europeu, mais precisamente em 3 de junho de 1900, enviar sinais telegráficos e

Historiador José Romero Araújo Cardoso lança seu segundo e-book com estudos nordestinos.

             Não é de hoje que o professor José Romero Araújo Cardoso presenteia os amantes da boa literatura com obras de grande relevância para os estudos nordestinos. Ao longo da carreira já são mais de doze livros publicados e

HOSPITAL REGIONAL DE POMBAL NÃO FERIU A LEI ELEITORAL, DIZ ADVOGADO.


       
Maciel Gonzaga de Luna
       A defesa do Hospital Regional “Senador Rui Carneiro”, de Pombal, na região do Sertão paraibano, no período eleitoral do pleito de outubro passado, de que teria demitido servidores “codificados” no período eleitoral, está sendo patrocinada pelo advogado Maciel Gonzaga de Luna, em

Decifra-me ou te devoro

“Uma sociedade de carneiros acaba gerando um governo de lobos” (Victor Hugo, 1802 a 1885)

Rinaldo Barros*

           Qual será o cenário que estará montado quando se consumar o final do século XXI?
Que ideologia estará dominando a mídia àquela altura da história da humanidade? Conseguirá o capitalismo consolidar um novo padrão de acumulação? Que novas formas de gerenciamento da economia internacional terão surgido?
A ambição, a ganância, o individualismo, a competição, a busca do lucro máximo, a destruição ambiental, a desigualdade social, o colonialismo, a dominação, o autoritarismo, e

Lúcida Loucura

Genival Torres Dantas
Genival Torres Dantas*

O oximoro, vício de linguagem, “Lúcida Loucura”, traduz muito bem, apropriadamente, o momento em que estamos passando, nesse inicio de ano, logo após a posse dos nossos governantes. Mormente a administração federal com todo seu estafe, composto na sua grande maioria, por energúmenos, escolhidos entre os sectários no meio de diatribes ingentes, numa sensação clara de um cipoal desmedido, muito embora as pompas e ostentações empregadas pelo cerimonial oficial acobertassem a autofagia dos membros da base aliada, com salamaleques e

Betinho de Rita de Cristiano

José Romero Araujo Cardoso
Por José Romero Araújo Cardoso

         Vivemos momentos sublimes quando a todo vapor se efetivava o sonho lúdico de infância chamado VILA DO ARCO, marca registrada do imaginário infantil de dezenas de crianças que deixaram suas pegadas pelas ruas de Pombal por vota do final da década de setenta e boa parte da de oitenta do século passado.
         Betinho de Rita de Cristiano era o louvado intelectual da turma, apreciador de cinema, de literatura e

O MENINO DA VILA DO ARCO

Teófilo Júnior
Teófilo Júnior*
Estava viajando quando recebi a notícia de que o amigo Gilberto Lucena havia sido internado na UTI do hospital de Pombal com problema de saúde. Apesar do choque, nutri dentro de mim a esperança que o “menino da vila do arco” saísse dessa sem maiores problemas.
Na manhã de hoje soube de seu falecimento. O velho amigo partira antes do combinado deixando em todos os seus amigos uma enorme lacuna e

Um ano que não deverá ser esquecido

Genival Torres Dantas
Genival Torres Dantas*

      Estamos passando por um processo de incúria administrativa, cujas contas públicas estropiadas pela malversação daqueles que deveriam zelar pelo patrimônio público, inclusive, nunca a politica do presidencialismo de coalizão foi tão danosamente compartilhada por instrutores políticos incapazes até de não distinguir Partido de Estado, mergulhados na mesmice, tentando disfarçar a meta sobejamente conhecida pela prática recorrente do principal partido articulador do governo, na garantia tão somente do poder e

Don’t bother me

Ricardo Ramalho
Ricardo Ramalho*
     
       Férias de fim de ano em Pombal. As paqueras, as novas músicas, os filmes no Cine Lux, as festas no Pombal Ideal Clube e os “assustados”, encontros para dançar, realizados de improviso, na primeira casa disponível. Só jovens reunidos. Os mais velhos ficavam, no máximo, nas calçadas, apenas observando.
     Havia saído um dos primeiros discos dos Beatles, aquele da capa preta, com o nome Beatlemania e os rostos dos rapazes de Liverpool. Era o ye´- yé e