CLEMILDO BRUNET DE SÁ

Os 244 anos da Câmara de Pombal e o Centenário de Wilson Seixas

Clemildo Brunet
Clemildo Brunet*

O dia 04 de maio, próxima quarta feira, a Câmara Municipal de Pombal em Sessão Especial às 18 horas, no plenário Vereador Francisco Freitas Nóbrega, da “Casa Avelino de Queiroga Cavalcanti”, estará comemorando o Ducentésimo Quadragésimo Quarto Aniversário de sua existência e fará uma homenagem ao Centenário de nascimento do pesquisador e
historiador pombalense Dr. Wilson Nóbrega Seixas.
Foi em 04 de maio de 1772 que Pombal teve a sua Emancipação Política tendo sido elevada a categoria de Vila de Pombal e, por conseguinte a constituição da primeira Câmara de Vereadores.
“De imediato, fizeram-se eleições livres para o preenchimento dos cargos oficiais da Câmara e elegeu-se presidente e judiciário da Câmara o Capitão-mor Francisco de Arruda Câmara”. (Jornalista e Escritor Evandro Nóbrega do Jornal O Norte de João Pessoa, PB).
Antes se pensava que a data de 21 de julho dia do aniversário da cidade de Pombal era de emancipação do nosso município e até foi comemorada como tal por ocasião do Centenário de nossa cidade em 21 de Julho de 1962.

O HOMENAGEADO WILSON NÓBREGA SEIXAS...

Nasceu em Pombal na Paraíba a 15 de julho de 1916, filho primogênito de Newton Pordeus Rodrigues Seixas e Natália Nóbrega Seixas e irmão de Hedy Nóbrega de Araújo casada que foi com o coronel da PM Sebastião Calixto de Araújo, Newton e José Hely, que faleceram crianças, Maria das Graças esposa de Severino Vieira de Queiroga; e Maria de Lourdes.
Wilson Seixas casou-se com Zélia Carneiro Arnaud de família tradicional de Pombal e de grande projeção no Estado da Paraíba, filha de Dr. Chateaubriand de Sousa e Dalva Carneiro Arnaud, esta irmã do Senador Ruy Carneiro e do Deputado Federal Janduhy Carneiro. Eram cunhados de Wilson

Seixas, dentre outros, o ex-Deputado Federal e ex-prefeito da capital Antonio Carneiro Arnaud, e o desembargador Raphael Carneiro Arnaud (In memoriam). Da união de Wilson e Zélia nasceram os seguintes filhos: Antonio Chateaubriand (Odontólogo), José Wilson “in memoriam” (Arquiteto) e Ligia Maria (Psicóloga).
Em 1948, ao se formar em Odontologia pela Faculdade de Recife, Wilson Seixas veio para Pombal, instalou sua clínica Odontológica e fundou a Sociedade de Assistência Dentária à Maternidade e à Infância, entidade que tinha por objetivo educar as pessoas sobre a necessidade da higiene bucal. Construiu um Edifício no centro da cidade, o qual deu o nome de Edifício “Maringá” que serviu de
sede a instituição. Foi nessa época que deu início a atividade de pesquisador, tendo sido grande colaborador com os seus escritos no Programa “A Voz dos Municípios” apresentados pela Rádio Borborema de Campina Grande.
Reescreveu sobre Pombal em outro livro com o mesmo título do primeiro, corrigindo erros do passado de nossa história cometidos por outros historiadores, tendo como resultado desse novo trabalho a saúde abalada no manuseio de documentos antigos. Infelizmente, o autor do Velho Arraial de Piranhas não pode está presente ao lançamento da obra reeditada, pois já havia falecido.
Wilson da Nóbrega Seixas, o desbravador da nossa história, teve como o seu primeiro professor o seu pai Newton Seixas, autor da letra do Hino de Pombal. Ambos demonstraram amor a nossa terra e a nossa gente, desbravando a cultura e o conhecimento para o nosso povo.
Por se tratar daquele que deixou um legado para nossa história em suas pesquisas, descobrindo 90 anos há mais de existência da nossa urbe, é que a Câmara Municipal de Pombal, prestará uma justa homenagem ao Dr. Wilson Nóbrega Seixas pelo transcurso do Centenário de seu nascimento nesta quarta feira dia 04 de maio de 2016.
Pombal, 30 de abril de 2016

*Radialista e Escritor

Nenhum comentário: