CLEMILDO BRUNET DE SÁ

Gente das ruas de Pombal :Seu Leó Fotógrafo (Leônidas Henriques Formiga)

Jerdivan Nóbrega de Araújo
Jerdivan Nóbrega de Araújo*

Seu Leó não era visto circulando pelas ruas de Pombal sem que estivesse com a sua Rolleiflex sempre a espreita de um bom anglo, ou se dirigindo a casa de famílias para eternizar momentos através da “chapa fotográfica”.
Muitas das fotografias das paisagens da cidade de Pombal antiga, através das quais é possível reconstruir a história da cidade, foram feitas por seu Leó. O seu estúdio era em sua casa, entrando pela lateral da rua que ligava a Rua do Comércio com aruá Jerônimo Rosado. Era um estúdio simples: uma cadeira para fotos de família, uma outra com um fundo branco para foto 3x4. Como assessório um paletó e um gravata para quem precisava de fotos mais formais. Para as madames e algumas réplicas de jóias, se fosse necessário, espelho e
pente.
Sua inicialização na arte da fotografia começou em 1924 como aprendiz de um fotografo campinense de nome Josué, que viajava pelos Estados da Paraíba Pernambuco e Rio Grande do Norte vendendo sua arte. Naquela época fotografia era artigo raro e, portanto muito cara. Só os mais afortunados tinham acesso a esse artigo luxo. Leó passou de aprendiz a mestre em pouco tempo.
Leó fotografou as grandes cheias do rio Piancó, grandes inaugurações, comícios cortejos funerais, as procissões, o povo e os parques da Festa do Rosário. Fez também trabalho de fotografia forense para subsidiar julgamentos.
O ultimo trabalho em campo de Leó foi à cobertura do funeral do Dr. Avelino em 22 de fevereiro de 1973: ao subir em um túmulo foi derrubado pela multidão, caiu e se machucou. Daí para frente passou a se dedicar a trabalho em estúdios.
Leó Fotografo nasceu no dia 02 de janeiro de 1907 e faleceu no dia 07 de março de 1985, deixando para o povo de Pombal um grande acervo fotográfico que circula pela internet sem o devido crédito ao mestre quem a cidade deve a reconstrução da sua história através do registro fotográfico(texto de apoio Paulo Sergio)

*Escritor e Pesquisador da nossa história

Nenhum comentário: