CLEMILDO BRUNET DE SÁ

VOCÊ DERRUBARIA O MURO DE SUA CASA?

Nonato Nunes
Nonato Nunes*

Erguer muros com propósitos de defesa é tão antigo quanto à humanidade, e a prova disso são as muralhas da China e de Adriano, esta na Grã-Bretanha, e servia para proteger os romanos invasores dos ferozes habitantes do norte, os atuais escoceses. No início da década de 60 os soviéticos ergueram o famoso muro de Berlim, com o propósito de dividir a cidade entre eles e os capitalistas. Os israelenses vêm erguendo muros ao longo de toda a fronteira com os palestinos. E
nós, brasileiros, ao contrário dos “capitalistas selvagens” americanos, temos nos muros de nossas casas uma garantia – não absoluta, claro – de que estamos seguros contra “visitantes indesejáveis”.
Se é “politicamente correto” ou não o projeto do presidente eleito Donald Trump de construir um muro ao longo da perigosa fronteira mexicana, essa é uma análise que não cabe aqui. Mas é bom que se diga que por ali passam não apenas drogas pesadas, mas também imigrantes ilegais e até terroristas perigosos. Estes usam os famosos túneis construídos pelos narcotraficantes para entrarem no vizinho do norte com artefatos destrutivos. Ora, se lá estão três milhões de delinquentes (aqueles com ficha na polícia...), então, é, sim, um direito do presidente buscar meios para proteger a população do seu país. Juárez e Nogales são um belo exemplo dos graves problemas de fronteira vividos pelos Estados Unidos há décadas. Basta dizer que ali opera o cartel de Sinaloa, um dos mais cruéis do mundo.
Resumo da ópera: enquanto a doutrina do Partido Republicano é toda ela voltada para as questões internas do país, a Democrata se volta para o internacionalismo. Essas são diferenças bem visíveis.
DETALHE: Esse muro da foto tem mais de mil quilômetros e foi construído por Geoirge W. Bush (Republicano).
POR AQUI, QUEM FOR CONTRA OS MUROS, QUE TRATE DE DERRUBAR OS DE SUAS CASAS.
Um abraço.

*Nonato Nunes - Jornalista, radialista, documentarista, escritor e blogueiro

Nenhum comentário: