CLEMILDO BRUNET DE SÁ

A LEI NÃO RESSUSCITA MORTOS

Nonato Nunes
Nonato Nunes*

Os governos sempre recorrem à Constituição quando buscam amparo legal para justificar suas ações contra a sociedade. Mas, devemos relembrar a esses governantes, que a mesma Carta que eles invocam em casos assim, é a mesma que garante saúde, educação e
segurança de qualidade para todos. Não é assim? 
Mas o que se vê, na verdade, é a Constituição ser “incinerada” por essas mesmas autoridades que a invocam, quando se trata de garantir direitos elementares de cidadania.
A greve dos policiais do Estado de Espírito Santo é um exemplo bem emblemático disso... O governador Paulo Hartung (PMDB) não perdeu tempo e detonou o movimento, alegando que é inconstitucional, pois a Carta Marga proíbe movimento de paralisação pelas forças de segurança. Como já foi dito acima, a mesma Carta garante uma infinidade de outras coisas, mas que nem de longe são cumpridas...
O senhor Hartung deveria dizer, na sua entrevista, que os seus policiais estão há sete (7) anos sem qualquer reajuste de salários (ou soldo, como queiram...). Imagine um emprego em que o sujeito sai de casa e não sabe se volta...
Imagine um emprego em que os próprios familiares podem ser alvo de bandidos... Imagine uma categoria profissional que trabalha sob constante stress porque a qualquer hora pode deparar com marginais armados com fuzis de última geração... E hoje parece abandonada pelo Estado brasileiro...
Garanto a você, caro leitor:
NENHUM DOS FILHOS DESSES CAMARADAS ACEITARIAM UM TRABALHO DESSE...
E por quê? Ora, porque a lei não ressuscita mortos...
Um abraço e até a próxima.

*Nonato Nunes - Jornalista, radialista, documentarista, escritor e blogueiro

Nenhum comentário: