CLEMILDO BRUNET DE SÁ

POR ACASO VOCÊ AINDA TEM DUVIDAS?

Ignácio Tavares
Por Ignácio Tavares*

Pois é a delação do pessoal da JBS provocou um terremoto numa dimensão que poucos esperavam. Não ficou pedra sobre pedra e mais pedras rolarão até o fim da divulgação de todo conteúdo da delação.
A tática de NEGAR TUDO já não é tão eficiente o quanto vinha sendo até o presente momento, pois o senhor delator está a apresentar de forma bem detalhada informações sobre os valores repassados a cada um dos beneficiários, inclusive com datas e
local onde o pagamento se realizou, portanto está sendo muito difícil para os habituais inocentes
O caso de Guido Mantega, que gerenciava a montanha de dinheiro destinado a petistas de alto coturno e ao próprio partido, desta vez está bem claro. Com efeito, sem sombra de duvida, o destino do todo poderoso ministro da fazenda está selado depois do esclarecimento de que realmente era mesmo o encarregado de arrecadar e distribuir recursos ilícitos extraídos da JBS.
Da mesma forma, Aécio Neves, Michel Temer, Lula, Dilma, entre outros, estão no mesmo barco e com certeza não escaparão dos olhares atentos do Juiz Sergio Moro. Esperamos que o Brasil se torne um país livre desses parasitas que se apropriaram do dinheiro do povo de forma fria e calculista... Que assim seja.
FATO CURIOSO - Chama-me atenção como era fácil receber de formas graciosas ajudas em milhões de milhões de reais da JBS. Não havia burocracia, era só procurar o todo poderoso dono da empresa e tudo estava resolvido. Isso mesmo, dinheiro fácil, credito fácil. Em pouco mais de dez anos a JBS passou de um frigorifico de pouca expressão para um grande conglomerado multinacional graças, - em grande parte, - as gentilezas do BNDES que escancarou os seus cofres a juros subsidiados, transferindo o ônus dos subsídios para nós que nada ganhamos com isso. Hoje a JBS é a maior produtora de proteína de origem animal do mundo com sede nos Estados Unidos da América...

*Economista e Escritor Pombalense

Nenhum comentário: